HOME*Seja Bem Vindo(a), Boa Noite!
Hoje é Segunda-Feira, 10 de Agosto de 2020 *
Criadouro Kakapo

PREPARAÇÃO PARA A CRIAÇÃO

João F. Basile da Silva
Juiz e criador de canários de cor
Revista AnimalPet nro 10

Arquivo editado em 14/012002

Estamos na primavera, estação dos acasalamentos para a maioria das aves em nosso país. A natureza com suas flores e com suas aves e seus cantos nos mostram que é chegada a época de namorar.

Com os nossos canários, as coisas se passam da mesma maneira: os machos cantam intensamente, procurando conquistar sua parceira. As fêmeas ficam agitadas, pegando com o bico qualquer material (papel, penas, etc) que possa servir para a construção do futuro ninho.

Como nossos canários estão limitados ao espaço das gaiolas ou mesmo dos viveiros, temos que lhes fornecer todas as condições de saúde, infra-estrutura e conforto para que possam realizar com sucesso sua grande missão, que é a de reproduzir.

Com relação às condições de saúde, devemos tomar algumas providências no início da criação, que você conhece a seguir:

1. Vermes: nossos canários devem entrar nessa fase livres de vermes que, com certeza, vão atrapalhar o desempenho do casal. Portanto, uma vermifugação nessa fase é condição essencial.

2. Piolhos: piolhos e outros ectoparasitas, além de incomodarem muito os adultos, sugam o sangue dos filhotes, atrapalham a formação das penas e podem tornar a criação um verdadeiro desastre. Nas lojas especializadas existem vários produtos que resolvem esse problema a contento. Atenção sempre para as dosagens e os cuidados com o manuseio, e com os pássaros, porque são produtos que podem ser tóxicos!

3. Micoplasma: a micoplasmose é uma doença que atinge, em maior ou menor grau, as criações de canários. Portanto, o uso de um produto que venha a baixar o nível de micoplasma é interessante. Para isso, um veterinário deve ser consultado.

A infra-estrutura que deve ser fornecida aos pássaros é a seguinte:

1. Gaiola tipo criadeira, com aproximadamente 30cm x 30cm x 60cm;

2. Ninho interno, padrão para canários de cor, com forro;

3. Material para confecção do ninho, que deve ser de preferência saco de estopa cortado em pedaços de aproximadamente 7 cm e desfiado. A própria fêmea se encarrega da confecção do ninho.

4. Toilete: para que não haja nenhum impedimento físico da cópula, as penas ao redor da cloaca da fêmea devem ser levemente aparadas com uma tesoura. O mesmo deve ser feito ao redor do espigão do macho.

As condições de conforto para o casal são muito simples:

1. Tranqüilo, sem movimentação de pessoas e de outros animais, onde a gaiola (ou gaiolas) deve ficar e não ser mudada de lugar, a não ser para limpeza.

2. A temperatura deve ser amena, o ambiente arejado e a luminosidade deve ser natural, de preferência. Durante a noite, os canários têm o “hábito” de dormir, portanto a luz não deve ser acesa nesse período.

3. A higiene do ambiente também é fundamental.

Aliado a isso tudo, uma boa mistura de sementes (que deve ser limpa e conter, além do alpiste, mais duas outras variedades de sementes); uma farinhada de qualidade e uma fonte de cálcio e de minerais deve estar permanentemente à disposição dos pássaros.

Com tudo isso feito, só nos resta desejar boa sorte e uma excelente criação!

 

PREPARAÇÃO PARA A CRIAÇÃO

João F. Basile da Silva
Juiz e criador de canários de cor
Revista AnimalPet nro 10

Arquivo editado em 14/012002

Estamos na primavera, estação dos acasalamentos para a maioria das aves em nosso país. A natureza com suas flores e com suas aves e seus cantos nos mostram que é chegada a época de namorar.

Com os nossos canários, as coisas se passam da mesma maneira: os machos cantam intensamente, procurando conquistar sua parceira. As fêmeas ficam agitadas, pegando com o bico qualquer material (papel, penas, etc) que possa servir para a construção do futuro ninho.

Como nossos canários estão limitados ao espaço das gaiolas ou mesmo dos viveiros, temos que lhes fornecer todas as condições de saúde, infra-estrutura e conforto para que possam realizar com sucesso sua grande missão, que é a de reproduzir.

Com relação às condições de saúde, devemos tomar algumas providências no início da criação, que você conhece a seguir:

1. Vermes: nossos canários devem entrar nessa fase livres de vermes que, com certeza, vão atrapalhar o desempenho do casal. Portanto, uma vermifugação nessa fase é condição essencial.

2. Piolhos: piolhos e outros ectoparasitas, além de incomodarem muito os adultos, sugam o sangue dos filhotes, atrapalham a formação das penas e podem tornar a criação um verdadeiro desastre. Nas lojas especializadas existem vários produtos que resolvem esse problema a contento. Atenção sempre para as dosagens e os cuidados com o manuseio, e com os pássaros, porque são produtos que podem ser tóxicos!

3. Micoplasma: a micoplasmose é uma doença que atinge, em maior ou menor grau, as criações de canários. Portanto, o uso de um produto que venha a baixar o nível de micoplasma é interessante. Para isso, um veterinário deve ser consultado.

A infra-estrutura que deve ser fornecida aos pássaros é a seguinte:

1. Gaiola tipo criadeira, com aproximadamente 30cm x 30cm x 60cm;

2. Ninho interno, padrão para canários de cor, com forro;

3. Material para confecção do ninho, que deve ser de preferência saco de estopa cortado em pedaços de aproximadamente 7 cm e desfiado. A própria fêmea se encarrega da confecção do ninho.

4. Toilete: para que não haja nenhum impedimento físico da cópula, as penas ao redor da cloaca da fêmea devem ser levemente aparadas com uma tesoura. O mesmo deve ser feito ao redor do espigão do macho.

As condições de conforto para o casal são muito simples:

1. Tranqüilo, sem movimentação de pessoas e de outros animais, onde a gaiola (ou gaiolas) deve ficar e não ser mudada de lugar, a não ser para limpeza.

2. A temperatura deve ser amena, o ambiente arejado e a luminosidade deve ser natural, de preferência. Durante a noite, os canários têm o “hábito” de dormir, portanto a luz não deve ser acesa nesse período.

3. A higiene do ambiente também é fundamental.

Aliado a isso tudo, uma boa mistura de sementes (que deve ser limpa e conter, além do alpiste, mais duas outras variedades de sementes); uma farinhada de qualidade e uma fonte de cálcio e de minerais deve estar permanentemente à disposição dos pássaros.

Com tudo isso feito, só nos resta desejar boa sorte e uma excelente criação!

 

 Voltar Página dos Artigos

Voltar Página Menu Artigos Acasalamentos

Voltar Página Inicial

Este artigo foi vizualizado 18714 vezes! - Desde 09/04/2008.



Anuncie ....

Clique no logo Azul e anuncie aqui. 7 dias por semana 24 horas por dia.

Anuncie Aqui....
Sitio do Criadouro Kakapo


Software SISCOCAN ***....

Adquira já o seu

Anuncie ....
MC Agropecuaria....

ACPSSC....

width 140 pixels X height 70 pixels, saiba como anunciar aqui

ANUNCIE SEU CRIADOURO OU SUA EMPRESA AQUI
Software SISCOCAN ***....

Adquira já o seu



Clique na Estrela Acima e adicione o Site Criadouro Kakapo aos favoritos!.

Veja Aqui As Enquetes Encerradas


Voce usa Farinhada?
Farinhada Caseira
Farinhada Comercial
Votar
resultado parcial...


Qual Mutação Prefere
Acetinado
Cobalto
Eumo
Feo
Jaspe
Onix
Opal
Pastel
Topazio
Outras
Votar
resultado parcial...


De uma nota para o site
Nota 1
Nota 2
Nota 3
Nota 4
Nota 5
Nota 6
Nota 7
Nota 8
Nota 9
Nota 10
Votar
resultado parcial...

Como nos Encontrou?
Amigos (indicação)
Já conhecia o site
OutDoor
Por E-Mail
Publicidade do Criadouro
Revistas Ornitológicas
Site de Busca
Outros
Votar
resultado parcial...

Página Atualizada . 

Contadores Iniciado em
07 Jan 2011.
 


Firefox

GERAL
CANÁRIOS GERAL
CANÁRIO DE COR
CANÁRIO DE PORTE
CANÁRIO DE CANTO
LEGISLAÇÃO
PARTICIPE
INFORMAÇÃO
SERVIÇOS
IMAGEM E FOTOS
LITERATURA
LINKS
FAQ´S
FALE CONOSCO
DOWNLOAD
DIVERSOS